Cuidar de orquídeas – Orquídeas Phaleanopsis

As orquídeas Phaleanopsis são das espécies de orquídeas mais simples de cultivar e manter na sua casa.

O nome “phalaenopsis” vem do grego phalaina, que significa “mariposa” ou “traça” e opsis, que significa “semelhante”. Por esta razão, esta orquídea é também muitas vezes conhecida como “orquídea mariposa”. Estas orquídeas são das que melhor se adaptam em casa, desde que sejam tidos todos os cuidados para recriar o seu ambiente natural de crescimento, tanto quanto possível.

 

Orquidea-phalaenopsis

 

Onde comprar

Evite comprar apenas porque são mais baratas. Embore existam diversos centros de jardinagem que praticam presos apelativos, a verdade é que nem sempre a qualidade das plantas acaba por compensar. Podem ter sido plantadas prematuramente o que fragiliza a planta.

Também é pouco provável que tenham tido os cuidados e atenção adequados durante o seu tempo na loja, o que pode levar ao apodrecimento da raiz e outros problemas. A sua melhor aposta é encontrar um produtor de renome na sua área. Procure também em exposições e grupos que se interessem por este tipo de espécies. Esta é uma excelente opção para encontrar boas plantas de revendedores locais.

Substrato para as orquídeas Phalaenopsis

Existe algum debate acerca de qual será o melhor substrato para esta variedade de orquídeas, mas geralmente é aconselhável um composto rico em nutrientes, ao qual se deve juntar uma boa fertilização.  É aconselhável que utilize todo o tipo de fertilizantes orgânicos ou misturas, uma vez que estes garantem os melhores resultados e fazem com que a terra fique o mais fértil possível. Contudo, evite coloca-los em contacto com o bolbo da orquídea, pois pode queimá-lo.

Um substrato com boa drenagem é também muito aconselhável, uma vez que existe sempre a tendência de se regar em demasia. Ao ser bem drenado as raízes não apodrecem tão facilmente.

Regas

Quando o substrato estiver quase seco, é hora de regar a sua planta. Você geralmente precisa regar a sua planta cerca de uma vez ou duas vezes por semana. A regularidade da rega pode variar de acordo com a temperatura. Quanto mais quente a temperatura, mais vezes você vai precisar de regar.

Fertilização

Use um fertilizante equilibrado, diluído a 1/4 do que o fabricante recomenda, uma vez por semana durante três semanas, ignorando a quarta semana de cada ciclo de quatro semanas. Ignorar a quarta semana permite que você elimine qualquer fertilizante residual da planta durante a rega normal. Lembre-se sempre de regar a sua planta antes da fertilização.

Humidade

As orquídeas devem manter-se sempre com uma humidade elevada, especialmente se existir um desumidificador ou radiador no local onde elas se encontram. A casa de banho, por exemplo, é um excelente local para manter uma orquídea desta variedade.

À venda em lojas especializadas, também poderá encontrar vasos e tabuleiros que permitem manter a humidade adequada da planta.

Temperatura

As orquídeas são plantas que apreciam bastante luminosidade, no entanto, não devem ficar diretamente expostas ao sol para que as suas folhas não fiquem secas. Aconselhamos que coloque a sua planta perto de uma janela que não apanhe sol direto ou com algo que filtre os raios solares. Por outro lado, plantas que cresçam em zonas mais escuras, acabam por desenvolver folhas verdes escuras e raramente produzem flor.

Tenha em mente que as phalaenopsis devem ser mantidas acima dos 15 graus centígrados, preferencialmente nos 20 graus.

Poda

As orquídeas devem ser podadas regularmente, para que se mantenham sempre bonitas e saudáveis. Assim que a flor da orquídea phaleanopsis tiver florido, é necessário cortá-la acima do segundo ou terceiro nó a contar da base para estimular o crescimento de um segundo rebento.

Relacionados:

Enviar Comentários

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *