Dicas para cultivar orquídeas

As orquídeas são flores de rara beleza, que conseguem ter um efeito incrível sobre as pessoas.

Algumas pessoas dizem que o poder da orquídea vem dos seus traços delicados, das suas cores fortes e até mesmo das suas qualidades humanas. O fato é que a maioria das pessoas adoram orquídeas e tentam cultivá-las da melhor forma que podem, mas é raro encontrar pessoas que podem manter uma orquídea por muito tempo e realmente sabem como cuidar dessas flores delicadas.

 

orquidea

 

Antigamente, as orquídeas eram abundantes apenas nos seus habitats naturais,  hoje em dia,  as pessoas têm-se acostumado com o fato de que quase tudo é entregue em todos os cantos do mundo, e que mesmo as flores ou produtos mais raros estão disponíveis em qualquer lugar.

Especialistas estimam que existem cerca de 20 mil tipos diferentes de orquídeas. Estas crescem  em diversos climas e condições e são encontradas em muitos lugares diferentes ao redor do mundo.

Quem tem alguma experiência com orquídeas sabe que a luz é um factor muito importante. É a luz que irá possibilitar à orquídea florescer, por isso, você vai precisar de lhe fornecer a quantidade certa de luz e ter muito cuidado para que esta também não seja excessiva e a possa queimar. Embora em alguns aspectos a orquídea possa parecer ser muito sensível e delicada, estas são realmente flores muito fortes, e que vão sobreviver mesmo sem luz ou condições ideais, embora a floração não ocorra.

Estes factos básicos acabam por nos levar a uma conclusão, se você estiver interessado em ter orquídeas no seu jardim ou sua em casa, terá que pensar sobre a melhor localização para o tipo de orquídea. Com algum esforço, poderá fornecer as condições ideais para estas crescerem no seu jardim.

A fim de aproveitar ao máximo as orquídeas, você deve ter algum conhecimento básico dos três principais tipos de orquídeas que pode encontrar. Esta informação irá ajudá-lo com o processo de cultivo, floração e sobrevivência num ambiente semelhante, mas que não é o natural.

Tipos de orquídeas:

Três tipos de orquídeas e o tratamento básico que exigem:

  • Epífitas: este tipo de orquídea aprecia ser colocada em posição elevada. Pode optar por colocar numa prateleira alta, por exemplo, simulando uma situação muito semelhante ao seu habitat natural onde cresce em árvores. As orquídeas epífitas são as mais populares para cultivo interior.
  • Lithophytes: ao contrário do epífitas, preferem ser colocadas num espaço reduzido. São conhecidas como orquídeas que crescem sobre as bases das árvores e que gostam de alimentar-se de composto orgânica. A orquídea saprófitas tem raízes subterrâneas. Algumas espécies de orquídeas saprófitas crescem completamente subterrâneas e nunca acima do solo.
  • Terrestres:  São as variedades convencionais de orquídeas. Muitas pessoas que tentam cultivar orquídeas terrestres fazem-no com terra para vasos, mas deve ter em atenção as suas necessidades básicas.

Há muito mais informações sobre orquídeas e muitas técnicas diferentes para cultivá-las melhor. Esta é apenas a ponta do iceberg, este conhecimento básico é importante para quem está interessado em ter lindas orquídeas no seu jardim ou no interior das suas casas.

Relacionados:

Enviar Comentários

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *